23 de agosto de 2022

Desenvolvimento, emprego e renda são prioridades de Tereza Cristina no Senado

A deputada federal Tereza Cristina (PP/MS), candidata ao Senado por Mato Grosso do Sul, começou a semana visitando várias empresas e se reunindo com trabalhadores e empresários no Polo Empresarial Região Norte de Campo Grande.

  • ESPALHE ESSA NOTÍCIA
  • FacebookTwitterWhatsAppTelegramLinkedIn
ESPALHE ESSA NOTÍCIA
  • FacebookTwitterWhatsAppTelegramLinkedIn

Nas reuniões com os trabalhadores e empresários, nesta segunda-feira (20), em Campo Grande (MS), a candidata ao Senado se mostrou bastante otimista com a economia do Brasil e do Mato Grosso do Sul. “Nosso estado vai muito bem, graças a Deus. O Mato Grosso do Sul é um dos entes da Federação que mais oferece empregos em todo o Brasil. Temos visto a entrega de obras em todas as regiões, escolas sendo reformadas e investimentos pesados em nossa infraestrutura. Temos poder de investimento, tenho andado bastante por aqui e é muito bom ver que o Mato Grosso do Sul é um canteiro de obras”, destacou a deputada federal.

Tereza Cristina lembra que hoje não faltam recursos para investimentos e obras e sim empresas para fazer asfalto, pontes, estradas e toda a infraestrutura que o estado precisa para caminhar. “Precisamos duplicar a BR-262 e melhorar a BR-163. Eu já trabalho nisso faz tempo, mas agora acredito que estamos perto de resolver o problema da BR-163 porque será feito um novo leilão até outubro. Estou trabalhando junto aos prefeitos que são dezesseis, começando em Sonora e terminando em Mundo Novo e todos têm obras de adaptação para serem feitas”, explicou.

Para a ex-ministra é preciso acreditar no Brasil. “Nosso país é fantástico, temos sim de corrigir alguns rumos, mas o que importa é que o governo federal tomou as medidas concretas na hora certa e hoje a economia brasileira voltou a subir. Temos visto a taxa de desemprego diminuir de 14% para 9% com tendência de queda”, disse Tereza Cristina.

Sobre as críticas de que os preços dos produtos agrícolas estão caros a deputada esclareceu que o mundo globalizado interfere na economia de todos os países, “Assim como os alimentos, outros segmentos são muito sensíveis e dependentes dos combustíveis e estamos vivendo uma guerra entre a Ucrânia e Rússia, dois grandes produtores de grãos e de petróleo, e isso influencia os preços na composição do custo de tudo no mundo”, pontuou.

Tereza Cristina visita fábrica de alimentos no Polo Empresarial Norte de Campo Grande

Segundo a deputada, a agricultura brasileira mostrou a que veio e se não fossem os produtores estarem preparados e produzissem mais, o Brasil teria quebrado e a situação poderia ser pior com a falta de comida nas prateleiras dos supermercados como faltou em muitos lugares do mundo como na Inglaterra e nos Estados Unidos.

“Temos mais de 20 mil vagas de emprego abertas no estado e não conseguimos contratar, será só falta de qualificação? Temos de saber o que está acontecendo, onde está o problema, está sobrando emprego no interior e faltando em Campo Grande? Entendo que a educação é o bem maior que a gente tem para subir na vida, para a gente crescer, temos de cuidar da educação das nossas crianças, dos nossos jovens mas também dos mais velhos e a educação é a oportunidade de qualificação profissional”, afirmou a candidata ao Senado.

Pela experiência como secretária de estado, deputada por dois mandatos e ministra da agricultura, Tereza Cristina disse que está preparada para os grandes embates do Senado. “Eu quero ser essa senadora que esteja lá para articular e fazer os projetos importantes saírem da gaveta. Quero trabalhar muito para que as políticas públicas para as mulheres saiam do papel. Quero trabalhar pelo desenvolvimento, pela habitação, para que todos tenham acesso à casa própria. Quero ser uma senadora ativa do Mato Grosso do Sul, ouvindo as pessoas”, finalizou.

Nesta terça-feira (23), Tereza Cristina cumpre agenda pela manhã em Campo Grande e à tarde segue para Corumbá.

Notícias

17 de abril de 2024

Senado aprova isenção de IR para quem ganha até dois salários mínimos

Oposição defendeu benefício para outras faixas, mas governo vetou

Ler mais

16 de abril de 2024

Senado aprova em dois turnos PEC das Drogas

Senadora Tereza Cristina votou a favor da medida

Ler mais

CAE aprova relatório de Tereza Cristina que permite abatimentos nas dívidas com a União

16 de abril de 2024

Ler mais

Senado assina acordo de cooperação técnica com foco na língua portuguesa

15 de abril de 2024

Ler mais

PP cresce mais de 30% em número de filiados no MS

11 de abril de 2024

Ler mais