03 de setembro de 2022

Tereza Cristina defende maior participação das mulheres na política

Deodápolis, Glória de Dourados, Jateí e Fátima do Sul fizeram parte do itinerário desse fim e semana da candidata ao Senado

  • ESPALHE ESSA NOTÍCIA
  • FacebookTwitterWhatsAppTelegramLinkedIn
ESPALHE ESSA NOTÍCIA
  • FacebookTwitterWhatsAppTelegramLinkedIn

Em Deodápolis (MS), a candidata ao Senado, Tereza Cristina (PP/MS) participou de entrevistas e caminhadas pelo comércio da cidade, conversou com a população e se reuniu com lideranças políticas e empresariais. Em entrevista à rádio local, questionada sobre o que os eleitores sul mato-grossenses devem esperar da senadora, caso seja eleita, ela disse que trabalhará cada vez mais pelo Mato Grosso do Sul. “ Uma senadora ativa, presente, que vai defender os interesses do nosso estado no Senado, que vai cuidar do agronegócio sim, porque é nobre e produz, mas também vai cuidar da saúde, rever a tabela do SUS, falar da educação, inserindo crianças e jovens, para o Brasil ser um país cada vez melhor e competitivo”, explicou.

Gestão municipalista
Nos compromissos em Glória de Dourados (MS), Tereza Cristina destacou a importância de um governo municipalista onde o estado cresce junto com os investimentos em todos os municípios. “A evolução da economia requer uma infraestrutura mais adequada para atender as necessidades dos empreendimentos que chegam ao nosso estado. Em minha atuação parlamentar, viabilizei recursos para a maioria dos municípios, ajudando os prefeitos e fazendo os investimentos chegarem até as pessoas. No Senado, quero continuar participando desse desenvolvimento sólido do MS, além de debater grandes temas nacionais”, afirmou a deputada federal.

Produção Sustentável

Em Jateí (MS), durante encontro com produtores rurais, a ex-ministra da Agricultura disse que não existe país no mundo com condições de produzir e conservar como o Brasil. “Não é preciso derrubar nenhuma árvore para conseguir produzir com qualidade e em quantidade para abastecer o mercado interno e ainda exportar. Somos uma potência agroambiental, temos 66% da nossa vegetação preservada, e na gestão do Ministério da Agricultura, viajei pelo mundo mostrando nossas experiências, como o Plano de Adaptação à Mudança do Clima e Baixa Emissão de Carbono na Agropecuária (ABC+), um dos mais ambiciosos do mundo, entre outras iniciativas”, relembrou.

Em relação aos projetos estaduais, Tereza Cristina destacou o Programa Carbono Neutro 2030 e as ações para impulsionar o desenvolvimento sustentável. “O estado está recuperando áreas degradadas, disponibilizando calcário para os pequenos produtores e várias outras ações para a neutralização das emissões de gases de efeito estufa. Mato Grosso do Sul como estado agropecuário está sofrendo uma transformação enorme com a industrialização dos produtos primários. O nosso agro vai voar junto com o Brasil e de forma cada vez mais sustentável!”, disse a candidata.

Brasil e o Mato Grosso do Sul, a bola da vez
Para a deputada federal, enquanto muitos países ainda enfrentam sérios problemas econômicos, a economia brasileira já está sendo retomada e a inflação vem caindo há três meses. “O Brasil é a bola da vez, a nossa economia vai bombar. Nós vamos crescer como o Mato Grosso do Sul, que há três anos é o estado que mais cresce no país. Mas precisamos da modernização e dos grandes debates no Senado. Estou pronta para defender melhores políticas públicas para a saúde, educação, assistência social e o desenvolvimento sustentável”, afirmou.

Mulheres na política

Tereza Cristina, que tem uma trajetória profissional em setores majoritariamente masculinos, como a política e o agro, incentivou o público feminino a ocupar mais espaços e afirmou que trabalhará para isso no Senado.

“Eu quero ser a senadora de vocês, também quero muito representar as mulheres com políticas públicas importantes para que nós possamos ter igualdade. Sabemos que podemos chegar onde quisermos, basta querer e ter foco. Precisamos de mais mulheres na política. Daqui a dois anos, quatro anos, quero muito ver vocês ocupando as Câmaras Municipais, a Assembleia Legislativa, a Câmara dos Deputados e o Senado Federal. Contem comigo! ”, finalizou.

Notícias

28 de novembro de 2023

CAE aprova projeto de Tereza Cristina que proíbe corte de verba para defesa agropecuária

Projeto garante recursos para inspeção da qualidade dos alimentos.

Ler mais

24 de novembro de 2023

Entenda como ficou o novo Projeto de Lei dos defensivos agrícolas

A Comissão de Meio Ambiente aprovou projeto que modifica as regras de aprovação e comercialização de agrotóxicos

Ler mais

Senado limita poderes individuais de ministros do STF

22 de novembro de 2023

Ler mais

Comissão de Meio Ambiente aprova modernização do registro de defensivos agrícolas

22 de novembro de 2023

Ler mais

CAE isenta Embrapa de taxas para registros de pesquisas e produtos

22 de novembro de 2023

Ler mais