25 de agosto de 2022

Ser o elo entre o governo federal e o Mato Grosso do Sul é uma das metas de Tereza Cristina no Senado

A candidata participou de vários compromissos em Aquidauana, Anastácio e aldeias da região

  • ESPALHE ESSA NOTÍCIA
  • FacebookTwitterWhatsAppTelegramLinkedIn
ESPALHE ESSA NOTÍCIA
  • FacebookTwitterWhatsAppTelegramLinkedIn

Cumprindo agenda em Aquidauana (MS) e Anastácio (MS), nesta quarta-feira (24), a deputada federal e candidata ao Senado Tereza Cristina (PP/MS) percorreu as ruas das cidades, conversou com moradores e comerciantes, participou de reuniões, entrevistas nas rádios locais e visitou as aldeias da região.

No distrito de Taunay, em Aquidauana, ela conversou com os indígenas da etnia Terena das sete aldeias do local: Imbirussu, Lagoinha, Morrinho, Bananal, Água Branca, Ipegue e Colônia Nova. “Eu quero ser o canal aberto de vocês no Senado. Lá eu terei o meu olhar voltado cada vez mais para Mato Grosso do Sul. Os povos indígenas precisam ter mais voz, sentar à mesa para falar dos seus problemas e das soluções que querem dar. Quero muito ajudar vocês e fazer com que tenham o que querem e o que vocês merecem”, afirmou Tereza Cristina.

Célio Francelino Fialho, cacique da Aldeia Bananal, disse que há um consenso entre os povos da região. “Pela primeira vez todos os caciques estão alinhados por um mesmo projeto político porque temos certeza de que é o melhor para a população indígena. Nós não precisamos deixar de ser índios para ser o que queremos e ter as nossas reivindicações atendidas”, ressaltou.

Na oportunidade, as lideranças indígenas entregaram uma pauta de reivindicações para a parlamentar, pedindo o asfalto até a Aldeia Nova, a instalação de um polo da Universidade Estadual de MS (UEMS) no distrito com o objetivo de evitar o deslocamento diário dos estudantes, além de patrulha mecanizada, quadras e equipamentos de esporte, internet, regularização do abastecimento de água e mais infraestrutura em todas as aldeias.

“Como deputada, eu enviei emendas e recursos para as aldeias adquirirem máquinas e equipamentos agrícolas. O desafio é o custeio e, por isso, os indígenas precisam se organizar. Como ministra, tive muito contato com os povos de todo o país e uma das saídas para conseguir mais investimentos nas aldeias é a criação de cooperativas, como ocorreu em Parintins, no Amazonas. Temos de diagnosticar qual atividade vocês querem e fazer um projeto. Somando um pouquinho vocês terão muito”, destacou Tereza Cristina.

Desenvolvimento da região

Durante entrevista a uma rádio em Aquidauana, a candidata disse que é possível equilibrar o turismo com a atividade agropecuária sem que um invada o espaço do outro. De acordo com Tereza Cristina, isso gera renda para os proprietários rurais e para o estado. “Uma coisa não impede a outra, ao contrário, são complementares e uma prova disso são algumas pousadas no pantanal sul mato-grossense em que os proprietários já praticam a agropecuária e o turismo rural”, declarou.

O que precisa, segundo a parlamentar, é ter infraestrutura suficiente com mais voos regionais, aeroportos, estradas, energia elétrica e internet para que o turista chegue de maneira mais rápida e cômoda. “Outra necessidade é a capacitação das pessoas. O estado, município e o Sistema S podem ajudar com a oferta de cursos de idiomas, atendimento, culinária, e outras capacitações. Esse é o caminho. A indústria do turismo é a que mais emprega no mundo. É um caminho que vamos perseguir, mas trabalhando com uma política prioritária para avançar com a atividade em nosso estado”, explicou.

Ainda com relação ao turismo e também à infraestrutura, Tereza Cristina ressaltou que a Rota Bioceânica e todas as estradas que seguem até Porto Murtinho e Corumbá vão mudar completamente Mato Grosso do Sul nesse contexto, não só para o turismo, como para o comércio e a integração.

Tereza Cristina visita aldeias no distrito de Taunay, em Aquidauana (MS).

Notícias

16 de maio de 2024

Mulher vítima de violência doméstica terá atendimento preferencial no SUS

"Precisamos priorizar as mulheres, principalmente em momentos tão traumáticos", afirmou Tereza Cristina

Ler mais

15 de maio de 2024

Senado aprova diretrizes para adaptação à mudança do clima

Plano para prevenção e redução de danos será feito pelas três esferas de poder

Ler mais

Senado vai votar projeto que libera terrenos para hortas comunitárias

15 de maio de 2024

Ler mais

Senadores irão visitar cidades atingidas no RS

13 de maio de 2024

Ler mais

Congresso altera Orçamento para facilitar apoio ao RS

09 de maio de 2024

Ler mais