16 de agosto de 2022

“Minha candidatura é um projeto por Mato Grosso do Sul”, afirma Tereza Cristina em Ponta Porã

A agenda da deputada no município nesta sexta-feira (29), contou com as presenças do pré-candidato ao governo, Eduardo Riedel (PSDB/MS), deputado estadual Paulo Corrêa (PSDB/MS) e do prefeito Hélio Pellufo (PSDB/MS)

  • ESPALHE ESSA NOTÍCIA
  • FacebookTwitterWhatsAppTelegramLinkedIn
ESPALHE ESSA NOTÍCIA
  • FacebookTwitterWhatsAppTelegramLinkedIn

Em Ponta Porã, nesta sexta-feira (29), a deputada federal Tereza Cristina (PP/MS) se reuniu com empresários, participou de entrevistas, caminhou pelas principais ruas da cidade e visitou o assentamento Itamarati, que hoje é um distrito do município.

“Ponta Porã sempre foi referência para mim não só como ministra da Agricultura, mas também como secretária de Estado. Nos últimos três anos e meio, o Governo Federal já regularizou mais de 370 mil títulos em todo o Brasil, mais de 13 mil só aqui no estado. Cada uma dessas pessoas, dentro da agricultura familiar, que recebe o título se torna cidadão, tem direito a ter acesso a crédito, a produzir, ter dignidade, sua liberdade e a sucessão dentro de seus lotes”, reforçou Tereza Cristina.

O prefeito Hélio Pellufo disse que a ex-ministra, o ex-secretário Eduardo Riedel e o deputado Paulo Correa foram os únicos pré-candidatos que foram ouvir as reivindicações da população. “É importante recebê-los para apresentar as nossas demandas mais urgentes. Entre elas, estão a destinação da área da Embrapa para abrigar o Instituto Federal de Educação, a ampliação do Mais Social, projeto do governo estadual, de R$300 para R$450 e a melhoria do hospital regional. Com a criação do curso de medicina, já para o ano que vem, a ampliação do Pronto Socorro e a criação de mais um centro cirúrgico vão permitir que o hospital seja transformado em hospital escola. Obrigada Tereza e Ridel por terem vindo ouvir a fronteira! Tenho certeza que as nossas reivindicações farão parte das suas propostas de governo”, destacou Pellufo.

Tereza Cristina reforçou que é muito importante retornar ao assentamento. “Como é bom estar aqui e ver vocês crescendo, as coisas acontecendo, vocês donos dos seus lotes produzindo alimentos. Queremos que tenham acesso aos créditos e a todos os benefícios que têm direito, Isso não vai parar”, afirmou.

Na reunião com os empresários, a deputada federal disse que o Brasil é uma exceção na economia mundial. “Mesmo com a inflação, o país vem crescendo, aumentando o número de empregos. Com as medidas emergenciais de auxílio aos mais vulneráveis, como o Auxílio Brasil, a redução nos preços dos combustíveis, ajudando os caminhoneiros e os taxistas, o Brasil fez o dever de casa e está no rumo de continuar esse desenvolvimento”, explicou.

Para a pré-candidata ao Senado, os investimentos realizados pela iniciativa privada só são possíveis porque os investidores acreditam no que vem sendo feito pelos governos federal, estadual e municipal. “O Mato Grosso do Sul também fez a diferença, é um dos estados que mais cresce no país. A mudança no status sanitário para área livre de febre aftosa sem vacinação, que ocorrerá em breve, permitirá que os produtores alcancem mercados mundiais e preços melhores pela qualidade da carne”, declarou Tereza Cristina.

Já nas entrevistas às rádios, a ex-ministra afirmou que a sua candidatura é um projeto por Mato Grosso do Sul e, apesar da vivência no agronegócio e do estado ter o agro em seu DNA, pretende colocar a sua experiência como secretária do executivo estadual por oito anos, os dois mandatos como deputada federal e a experiência como ministra em prol do desenvolvimento do estado e do país nos mais diversos setores.

Em sua atuação como parlamentar, Tereza Cristina destinou quase R$37 milhões em recursos para Ponta Porã que beneficiaram a saúde, educação, saneamento básico, agricultura e infraestrutura com a pavimentação na cidade e distritos rurais como o assentamento Itamarati.

Notícias

16 de abril de 2024

CAE aprova relatório de Tereza Cristina que permite abatimentos nas dívidas com a União

Estados e municípios que investirem recursos próprios em obras e serviços nos bens federais poderão descontar os valores de suas dívidas com a União

Ler mais

15 de abril de 2024

Senado assina acordo de cooperação técnica com foco na língua portuguesa

Projeto cultural foi criado pela Comissão Portugal Brasil 200 Anos

Ler mais

PP cresce mais de 30% em número de filiados no MS

11 de abril de 2024

Ler mais

Política Nacional de Agricultura Urbana segue para o plenário

10 de abril de 2024

Ler mais

Senado aprova plano de combate à violência contra mulher para Estados e municípios

10 de abril de 2024

Ler mais