MS sai na frente em aprovação de projetos do programa Avançar Cidades

A pedido da deputada federal Tereza Cristina (DEM-MS) a Caixa Econômica Federal e o Ministério das Cidades reuniram nesta quinta-feira (28) prefeitos pré-selecionados no programa do Governo Federal, Avançar Cidades.

Os 31 municípios, que já estão em fase de apresentação de projetos, terão assegurados R$ 263 milhões para investirem nas áreas de mobilidade urbana, iluminação, drenagem e paisagismo. O adiantado nas fases de pré-seleção fazem com que Mato Grosso do Sul saia na frente das outras unidades da federação com o primeiro município do Brasil a ter seu projeto já aprovado para execução, o de Aparecida do Taboado.

De acordo com o gerente regional da Caixa, Paulo Cesar Neves de Matos, Aparecida do Taboado já cumpriu todas as exigências apresentadas no Avançar Cidades e teve seu projeto técnico aprovado pelo banco. “Este é um momento importante de os prefeitos e suas equipes esclarecerem dúvidas e saber como operar esta ferramenta a seu favor. Os projetos do Estado representam 10% do total do programa, estão muito bem encaminhados, dependendo da condução de cada prefeitura para apresentar e aprovar os projetos. Daí a necessidade de se acelerar essas apresentações e assegurar as execuções”, explicou o gerente.

Representando o Ministério das Cidades, o chefe de gabinete na Secretaria Nacional de Desenvolvimento Industrial, Luis Cláudio França, disse ser gratificante ver o Mato Grosso do Sul estar em fase avançada nas aprovações. “Temos aqui todo suporte e interlocução com a deputada Tereza Cristina que tem auxiliado no encaminhamento das propostas para o Governo Federal. É preciso aproveitar este momento e conseguir com que o maior número de cidades pré-selecionadas sejam efetivamente aprovadas no Avançar Cidades”, comentou.

As prefeituras foram incluídas no Grupo 1 do programa, que abrange 329 cidades com até 250 mil habitantes, que disputam R$ 2,8 bilhões em recursos do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) para a execução de obras de mobilidade urbana, financiamentos de obras de pavimentação de vias urbanas, implantação ou requalificação de estações e abrigos de sistemas de transporte coletivo, acessibilidade em calçadas, ciclovias e ciclofaixas, bicicletários, sinalização viária, iluminação, drenagem, arborização e paisagismo.

Para a deputada federal Tereza Cristina, este é o momento dos prefeitos terem investimentos significativos para seus municípios. Os projetos do Avançar Cidades integram o projeto Pró-Transporte, que oferece taxas de juros de empréstimo de 6% ao ano, com prazo de pagamento de até 20 anos.

“Vamos dar todo suporte aos prefeitos, auxiliando no que for necessário para que os projetos sejam logo aprovados. Não temos uma fonte infinita do recurso e quem chegar primeiro terá seu projeto aprovado mais celeremente, trazendo assim, o máximo de recurso. é uma maneira de ajudar o meu Estado e nossos municípios e trazer o máximo de recursos que a gente puder através deste programa Avançar Cidades, para o MS”, contou a deputada federal Tereza Cristina.