Tereza Cristina quer fortalecer agricultura familiar ao integrar frente parlamentar específica em amparo ao pequeno produtor

A deputada federal Tereza Cristina integra mais uma Frente Parlamentar na Câmara dos Deputados. A Frente Mista que vai atuar em defesa da Agricultura Familiar foi lançada nesta quarta-feira (20) em Brasília e na opinião da deputada já inicia forte e atuante. “Essa Frente vai ser um espaço essencial para refletir, debater e corrigir os rumos, estabelecendo assim, uma agricultura familiar pujante para o pequeno produtor, que é responsável por fazer e fornecer alimento para a mesa do brasileiro”, comemorou.

 

Os assentamentos brasileiros têm enfrentado diversos percalços para se manterem, na avaliação da deputada, que aproveita para apontar soluções práticas e já adotadas em Mato Grosso do Sul. “Essa agricultura, mais do que qualquer outro segmento, precisa muito de capacitação, assistência técnica para continuar crescendo de maneira sustentável, robusta, com toda essa riqueza que o segmento pode trazer ao país. Com um percentual mínimo de ajuda, que nós proporcionamos aos agricultores nos assentamentos, temos tido resposta positiva”, avaliou Tereza.

 

Uma das alternativas apontada por Tereza Cristina é a implantação do sistema de cooperativismo, prática que tem sido estabelecida e alcançado bons resultados, facilitando assim, a implantação de assentamentos onde o sistema foi adotado. “Precisamos difundir e disseminar o pensamento cooperativista na agricultura familiar, no meu estado tem e facilitou sobre maneira a criação de novos assentamentos. Onde isso aconteceu por lá tem trazido renda para o campo, acendendo a produção de alimentos e abastecendo a mesa do brasileiro”, ponderou a deputada.  

 

Com objetivo de mobilizar e somar esforços no Congresso Nacional em defesa da agricultura familiar, a Frente ainda terá missão de estabelecer políticas públicas que possam levar benefícios ao pequeno produtor. “Precisamos fixar o jovem no campo, mudar a realidade atual onde só os mais velhos querem permanecer em suas terras. É preciso trazer essas pessoas de volta e dar espaço para as mulheres, mas para isso temos quer criar um ambiente favorável”, alegou a deputada ao citar que benfeitorias como luz elétrica e água para atender a demanda dos agricultores familiares são bandeiras que a Frente vai trabalhar para conquistar junto ao governo federal.   

 

A Frente Parlamentar Mista em Defesa da Agricultura Familiar, tendo como presidente o deputado Heitor Schuch (PSB/RS). Para sua criação mais de 250 parlamentares, entre deputados e senadores, assinaram o requerimento para compor o colegiado.

 

No Brasil, atualmente os agricultores familiares representam mais de 4,3 milhões de famílias rurais e responde pela produção de 70% dos alimentos que chegam à mesa dos brasileiros. Na Na Frente os parlamentares querem ainda debater as principais carências deste importante segmento como a falta de infraestrutura no interior – estradas, energia elétrica, telefonia, irrigação – e preços dos produtos da agricultura familiar.